MONTE DE LEITURAS: blog do Alfredo Monte

05/09/2017

A EMOÇÃO LÚCIDA DE “O SENTIDO INDIZÍVEL DO AMOR”


(Uma versão da resenha abaixo foi publicada originalmente em A TRIBUNA de Santos em 05 de setembro de 2017)

Emoção. Esse é o ar que o leitor aspira durante toda a leitura de “O SENTIDODO INDIZÍVEL DO AMOR”, onde Rosângela Vieira Rocha narra a morte do marido, José, depois de trinta e cinco anos de casados.

Como não se emocionar com os vinte e três dias de horror e impotência na UTI, com José definhando, vítima de espondilite anquilosante, doença degenerativa?

Como não se emocionar com status social forçado de viúva, a qual mesmo assim se aventura a investigar a única “zona de sombras” de seu casamento: o passado de José como prisioneiro político da ditadura militar e as indizíveis torturas a que foi submetido. Rosângela chega a viajar para Lisboa para saber mais sobre a militância de José numa visita a um ilustre companheiro de prisão e martírio. “Eu o queria de qualquer maneira, desejava um resquício de sua presença, uma mínima prova de sua existência, nem que fosse ver algum médico da equipe que cuidara dele. Tinha necessidade de saber como acontecera. Como era possível que alguém antes vivo e essencial na minha vida desparecido assim?”.

A emoção de O SENTIDO INDIZÍVEL DO AMOR, que nunca resvala para a pieguice, é lúcida. Usando seu talento de contadora de histórias, a autora embaralha o tempo cronológico, proporcionando uma visão total de seu casamento e de sua viuvez. E deixa uma advertência para nossas perigosas perspectivas atuais: “Seria importante que José tivesse contado às sobrinhas pelo menos parte de sua experiência. Legados espirituais são relevantes, sobretudo quando possuem conteúdo histórico”.

 

1 Comentário »

  1. Republicou isso em O LADO ESCURO DA LUA.

    Comentário por anisioluiz2008 — 05/09/2017 @ 14:33 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: